Planejamento Financeiro Pessoal

Como as pequenas empresas podem construir um programa de segurança

De acordo com um estudo realizado pela Gartner com 117 organizações no final de 2020, os gastos com conformidade de TI estavam fadados a estagnar depois de testemunhar vários anos de crescimento sem precedentes. Deve-se principalmente à perturbação causada pela nova pandemia de COVID-19. Ao mesmo tempo, também aumentou a carga de equipas jurídicas e de conformidade, que agora se encontram a navegar através de uma enxurrada de riscos organizacionais num ambiente de trabalho remoto.

Hoje, a Inteligência Artificial (IA), a automação e a conformidade e integrações contínuas estão dominando o cenário da conformidade de TI. Mas a necessidade do momento é descodificar o seu significado para as pequenas empresas e a forma como podem capitalizar estes conceitos para estabelecer um programa de segurança.

Ao explorar esta questão, é preciso ter em mente a verdade de que sistemas informáticos robustos não são sinónimo de ferramentas mais eficientes ou produtivas para os funcionários. A conformidade só pode ser alcançada quando as pessoas compreendem inteiramente um processo de segurança específico e se sentem confortáveis ​​com ele.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

As pequenas e médias empresas precisam reconhecer ou identificar exatamente o que funcionará em seu ambiente de conformidade. Para isso, eles devem ser guiados por uma compreensão fundamental de conformidade contínua e pela forma de identificar integrações e automação do tamanho certo.


Decodificando Conformidade Contínua

A conformidade contínua envolve possuir conhecimento sobre o bom funcionamento do ambiente de controle. Isso significa que você conhece a forma como os controles da sua organização são monitorados e operam em sincronização com políticas específicas. O conceito de conformidade pressupõe que existe um ambiente de conformidade robusto e que existem pessoas que permanecem responsáveis ​​pela medição dos resultados.

Deve-se notar que não faz sentido avaliar o seu cenário de conformidade apenas em períodos específicos. Por exemplo, avaliando-o apenas em momentos de auditoria. Você deve integrar a avaliação de conformidade em todo o ciclo de vida do negócio. Em palavras simples, a conformidade contínua deve tornar-se um estado de espírito da organização, e não uma série de métricas. Todos deveriam ter os controles e processos. Mas é mais fácil falar do que fazer para uma organização em estado de mudança ou expansão.

Decodificando integrações para conformidade

Integração significa a capacidade de um fornecedor de soluções de compliance obter documentos de auditoria em uma plataforma integrada para compartilhá-los com um cliente. O papel da integração torna-se crucial quando é necessário recolher provas. Você pode economizar muito tempo durante essas atividades. Significa possuir os produtos que podem conectar seu fornecedor de soluções de conformidade. Para start-ups naturalmente marcadas por processos trabalhosos, integrações como um fluxo de trabalho documentado ou Formulários Google são uma ótima opção.

De acordo com as últimas tendências de governança-risco-conformidade ou GRC, as integrações são indispensáveis ​​para as organizações dimensionarem seus programas de conformidade. As integrações tornam a comunicação e a colaboração mais fáceis, eliminam todo o trabalho manual ou trabalhoso que gira em torno da coleta de evidências e tornam a conformidade e o monitoramento contínuos uma realidade.

O que significa automação de conformidade eficaz?

Automação significa a capacidade de reduzir uma tarefa operada por humanos em um modelo de dados e estabelecer e configurar um código para repetibilidade. A prática de compliance exige muito trabalho humano. Portanto, não podemos aplicar totalmente o termo automação a isso. Contudo, a recolha de provas de auditoria através da integração pode enquadrar-se no conceito de uma solução automatizada. Essa automação garante tarefas rápidas de coleta de evidências.

As pequenas e médias empresas podem obter as vantagens dos conceitos de conformidade automatizados analisando primeiro as tarefas que convencionalmente não podem ser executadas sem um consultor. Você precisa determinar se essa atividade pode ser repetida entre os consultores. Um exemplo adequado aqui seria realizar uma avaliação de risco anual. Outro exemplo adequado é medir exercícios entre as políticas de segurança cibernética da sua empresa em relação a um único padrão. Um sistema automatizado cuidadosamente projetado pode atingir quase 95% de eficiência, mesmo para as tarefas mais complicadas.

Actualmente, a integração está em constante mudança, principalmente porque as tecnologias comuns estão em constante transformação. Conseqüentemente, as start-ups podem não testemunhar o efeito da automação integrada. O curso de ação correto para essas organizações é automatizar práticas de segurança repetíveis. Por exemplo, podem integrar pesos e contrapesos em vez de investir numa ferramenta dispendiosa.

Compreendendo o valor da conformidade adaptativa

Além da automação, a adaptabilidade é o parâmetro mais crucial na avaliação de plataformas de conformidade. Uma conformidade adaptativa permite que as empresas integrem adequadamente novos controles, riscos e necessidades de coleta de evidências. Basicamente, os sistemas de conformidade adaptativos são projetados para gerenciar práticas de segurança que complementam a sua organização.

À medida que as empresas se expandem, o seu ambiente de conformidade também amadurece. Eles podem editar uma pequena porcentagem de seus controles e aumentar os controles gerais em 5%. Durante uma auditoria, um poderoso sistema de gestão de conformidade permitirá que as empresas integrem modificações de controle. O monitoramento dessas modificações é crucial, pois o auditor precisará de alguma prova de conformidade consistente. Assim, a capacidade de adaptar ou ajustar as suas políticas de cibersegurança permitirá que a sua organização se transforme numa versão mais eficiente de si mesma.

Um módulo adaptativo de inspeção de conformidade permite que as empresas monitorem e lidem com todas as atividades de inspeção. Os usuários podem agilizar todo o ciclo de vida da auditoria, desde o agendamento de auditorias até a produção de relatórios eletrônicos. Você pode medir adequadamente o conhecimento e progredir com ele.

Palavras Finais

Para pequenas e médias empresas, tudo se resume a tornar a abordagem de automação uma prioridade totalmente adaptada aos seus objetivos organizacionais. Leve em consideração que suas prioridades sofrerão modificações ao longo do tempo, por isso você precisa de um sistema que possa se ajustar às mudanças nas bases.

Seu foco deve estar sempre na incorporação de tecnologias flexíveis e no investimento na tecnologia de conformidade ideal para garantir que você esteja sempre na direção da inovação e da entrega de valor. Entre em contato com a Ezofis, uma empresa de gerenciamento de automação que se destaca no fornecimento de soluções de automação para pequenas empresas e start-ups.

Gostou? Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Email

O SERP do Google é a página de resultados que aparece quando você faz uma pesquisa no Google. Ele exibe uma lista de resultados relevantes, incluindo resultados orgânicos, anúncios pagos, trechos em destaque, informações do Knowledge Graph, Google Shopping e outros elementos úteis para os usuários. A ordem dos resultados é determinada pelo algoritmo do Google, com base em fatores como relevância e qualidade do conteúdo.

O SERP do Google, ou Página de Resultados do Motor de Busca, serve para apresentar uma lista de resultados relevantes aos usuários quando eles realizam uma pesquisa no Google. Ele exibe os links para sites, imagens, vídeos, respostas rápidas e informações adicionais relacionadas à consulta do usuário.

O SERP é essencial para que os usuários encontrem respostas para suas perguntas, descubram informações relevantes, localizem produtos e serviços e acessem conteúdo útil na internet. Além disso, o SERP também é uma ferramenta importante para empresas e profissionais de marketing, pois é onde os resultados orgânicos e os anúncios pagos são exibidos, possibilitando a promoção de seus produtos e serviços para potenciais clientes. Em resumo, o SERP do Google é uma parte fundamental da experiência de pesquisa online, ajudando a conectar usuários e informações de forma eficiente e relevante.

Para utilizar o SERP (Página de Resultados do Motor de Busca) do Google de forma eficaz, siga as seguintes dicas:

  1. Faça uma Pesquisa Adequada: Insira palavras-chave relevantes que descrevam o que você está procurando. Quanto mais específica for a sua pesquisa, mais precisos serão os resultados.

  2. Analise os Resultados Orgânicos: Observe os links listados como resultados orgânicos, pois eles são considerados relevantes pelo algoritmo do Google. Verifique as descrições para encontrar a informação mais adequada.

  3. Avalie os Anúncios Pagos: Os anúncios pagos são identificados com a etiqueta “Anúncio”. Selecione aqueles que correspondem à sua pesquisa e consideram confiáveis.

  4. Explore os Rich Snippets: Se existirem trechos em destaque, eles podem fornecer informações adicionais importantes. Clique neles para obter detalhes adicionais.

  5. Utilize o Knowledge Graph: Se o Knowledge Graph fornecer informações relevantes sobre sua pesquisa, confira-o para obter respostas rápidas e precisas.

  6. Verifique o Google Shopping: Se você estiver procurando produtos, confira a seção do Google Shopping para encontrar imagens, preços e lojas onde podem ser comprados.

  7. Explore as Perguntas Frequentes: Se houver perguntas frequentes relacionadas à sua pesquisa, clique nelas para obter respostas rápidas.

  8. Refine sua Pesquisa: Se não encontrar o que está procurando, tente ajustar suas palavras-chave ou usar operadores de pesquisa para refinar os resultados.

  9. Considere a Personalização: Lembre-se de que os resultados do SERP podem ser personalizados com base em seu histórico de pesquisa e localização.

  10. Avalie a Fonte dos Resultados: Ao clicar em um link, verifique a fonte para garantir que seja confiável e segura.

Lembrando que o SERP é projetado para fornecer informações relevantes, mas nem sempre o primeiro resultado é o mais adequado. Sempre verifique várias fontes antes de confiar em qualquer informação encontrada no SERP do Google.

Deixe um comentário

Saiba mais!