Cinco estratégias para SEO orgânico

Cinco estratégias para SEO orgânico

De todas as estratégias de marketing na Internet em uso hoje, a otimização orgânica de mecanismos de pesquisa – ou SEO orgânico – é um dos métodos mais antigos e testados em batalha para alcançar as primeiras classificações nos resultados de pesquisa. O SEO orgânico trabalha para construir classificações para sites com base no conteúdo altamente relevante que é aplicável às frases-chave que os usuários estão procurando.

Para obter classificações altas nos resultados de pesquisa orgânica, há uma variedade de estratégias de SEO internas e externas que funcionam em conjunto para ajudar a construir autoridade e confiança com os mecanismos de pesquisa em frases-chave selecionadas.

Abaixo você pode ler cinco estratégias básicas que as empresas de otimização de mecanismos de pesquisa usam para beneficiar as estratégias orgânicas de SEO de seus clientes.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

  1. Conduza pesquisas exaustivas de palavras-chave: A pesquisa de palavras-chave é o processo de descobrir as frases-chave mais benéficas que os usuários da Internet estão procurando e que você deseja atingir para sua campanha de SEO orgânico. Antes de iniciar sua análise de palavras-chave, você deve determinar quem é seu público-alvo e se irá atingir os usuários da Internet em escala local, regional, nacional ou global. Se você está simplesmente almejando pesquisadores locais, você desejará descobrir frases de palavras-chave que usam modificadores geoespecíficos para seus alvos de palavras-chave (ou seja, Aluguel de carros em Atlanta ou Aluguel de carros em Atlanta). pesquisa para descobrir quais frases estão sendo pesquisadas pelos usuários da Internet. Uma das melhores é a ferramenta de palavras-chave do Google AdWords, que é uma ferramenta gratuita de análise de palavras-chave que lista palavras-chave com base em seus volumes de pesquisa e quão competitivas elas são.

  2. Tenha uma redação de SEO forte: Depois de descobrir as palavras-chave mais benéficas para sua campanha de SEO orgânico, você desejará que um redator de SEO profissional desenvolva conteúdo da web otimizado para o seu site que use essas palavras-chave de maneira estratégica que beneficie o SEO orgânico. Cada página da web em seu site deve ser dedicada a uma frase ou tópico de palavra-chave principal e essa frase ou tópico de palavra-chave deve ser usado em todo o conteúdo da web em cada página estrategicamente em tags de cabeçalho (H1, H2, H3, etc.) e em todo o corpo texto. A utilização de tags fortes em suas frases-chave também permite que os mecanismos de pesquisa saibam que essa palavra é mais importante do que as outras em sua página da web. Ter direitos autorais de SEO bem otimizados é um ingrediente chave para o sucesso geral de sua estratégia de SEO orgânico.
  3. Otimize suas metatags: Meta Tags são tags informativas que informam aos mecanismos de pesquisa do que se trata a sua página da web. Existem três meta tags principais que você pode otimizar para obter benefícios orgânicos de SEO. A primeira tag é a tag Title. A tag de título, que aparece no topo de cada página na página de resultados do mecanismo de pesquisa (SERP), deve incluir sua frase de palavra-chave direcionada na frente da tag de título. Isso também vale para a meta tag de descrição, que é a segunda meta tag mais importante que você pode otimizar. A meta tag de descrição é um breve bloco de conteúdo de 170 a 200 caracteres que aparece diretamente abaixo do URL da página no SERP. Incluir a palavra-chave direcionada e uma variação dessa palavra-chave é uma prática recomendada para otimizar sua página da web para SEO orgânico. A meta tag final que discutirei é a meta tag Keywords, que se tornou cada vez menos importante para o SEO orgânico. Essa tag era frequentemente abusada por empresas de SEO que a enchiam com todas as palavras-chave existentes. Agora, o Google nem mesmo usa essa tag para avaliar a classificação de uma página para determinadas palavras-chave. Eu ainda uso isso, porque é como colocar os pontos no ‘i’ em suas meta tags. Não encha demais a tag, mas inclua sua frase de palavra-chave principal e algumas variações de palavras-chave intimamente relacionadas na tag.
  4. Utilize estruturas de URL amigáveis ​​para mecanismos de pesquisa: os URLs do seu site também devem ter em mente as palavras-chave específicas. URLs otimizados para mecanismos de pesquisa funcionam para oferecer suporte à sua cópia da web e meta tags otimizadas, incluindo as mesmas frases de palavras-chave direcionadas na string do URL. Se a sua página da web tiver as mesmas palavras-chave direcionadas nas meta tags, no texto do corpo e no URL, tudo isso se combina para tornar a sua página da web altamente relevante para a frase-chave que está sendo direcionada para sua campanha de pesquisa orgânica.
  5. Comece uma estratégia de marketing de conteúdo: Depois que seu site estiver bem otimizado para SEO orgânico, a próxima etapa que você deve realizar é iniciar uma campanha de marketing de conteúdo que ajude a construir links para seu site. Construir links para suas páginas da web cria autoridade para sua página no tópico específico que ela discute. A melhor maneira de obter esses links é blogando e escrevendo artigos, bem como distribuindo outros conteúdos para outros sites, como vídeos e comunicados de imprensa que ajudam a construir sua presença online e a construir links para seu site. Essa estratégia de marketing de conteúdo externo é uma engrenagem crucial para alcançar o sucesso de SEO orgânico a longo prazo.

Gostou? Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Email

O SERP do Google é a página de resultados que aparece quando você faz uma pesquisa no Google. Ele exibe uma lista de resultados relevantes, incluindo resultados orgânicos, anúncios pagos, trechos em destaque, informações do Knowledge Graph, Google Shopping e outros elementos úteis para os usuários. A ordem dos resultados é determinada pelo algoritmo do Google, com base em fatores como relevância e qualidade do conteúdo.

O SERP do Google, ou Página de Resultados do Motor de Busca, serve para apresentar uma lista de resultados relevantes aos usuários quando eles realizam uma pesquisa no Google. Ele exibe os links para sites, imagens, vídeos, respostas rápidas e informações adicionais relacionadas à consulta do usuário.

O SERP é essencial para que os usuários encontrem respostas para suas perguntas, descubram informações relevantes, localizem produtos e serviços e acessem conteúdo útil na internet. Além disso, o SERP também é uma ferramenta importante para empresas e profissionais de marketing, pois é onde os resultados orgânicos e os anúncios pagos são exibidos, possibilitando a promoção de seus produtos e serviços para potenciais clientes. Em resumo, o SERP do Google é uma parte fundamental da experiência de pesquisa online, ajudando a conectar usuários e informações de forma eficiente e relevante.

Para utilizar o SERP (Página de Resultados do Motor de Busca) do Google de forma eficaz, siga as seguintes dicas:

  1. Faça uma Pesquisa Adequada: Insira palavras-chave relevantes que descrevam o que você está procurando. Quanto mais específica for a sua pesquisa, mais precisos serão os resultados.

  2. Analise os Resultados Orgânicos: Observe os links listados como resultados orgânicos, pois eles são considerados relevantes pelo algoritmo do Google. Verifique as descrições para encontrar a informação mais adequada.

  3. Avalie os Anúncios Pagos: Os anúncios pagos são identificados com a etiqueta “Anúncio”. Selecione aqueles que correspondem à sua pesquisa e consideram confiáveis.

  4. Explore os Rich Snippets: Se existirem trechos em destaque, eles podem fornecer informações adicionais importantes. Clique neles para obter detalhes adicionais.

  5. Utilize o Knowledge Graph: Se o Knowledge Graph fornecer informações relevantes sobre sua pesquisa, confira-o para obter respostas rápidas e precisas.

  6. Verifique o Google Shopping: Se você estiver procurando produtos, confira a seção do Google Shopping para encontrar imagens, preços e lojas onde podem ser comprados.

  7. Explore as Perguntas Frequentes: Se houver perguntas frequentes relacionadas à sua pesquisa, clique nelas para obter respostas rápidas.

  8. Refine sua Pesquisa: Se não encontrar o que está procurando, tente ajustar suas palavras-chave ou usar operadores de pesquisa para refinar os resultados.

  9. Considere a Personalização: Lembre-se de que os resultados do SERP podem ser personalizados com base em seu histórico de pesquisa e localização.

  10. Avalie a Fonte dos Resultados: Ao clicar em um link, verifique a fonte para garantir que seja confiável e segura.

Lembrando que o SERP é projetado para fornecer informações relevantes, mas nem sempre o primeiro resultado é o mais adequado. Sempre verifique várias fontes antes de confiar em qualquer informação encontrada no SERP do Google.

Deixe um comentário

Saiba mais!