A diferença entre marketing digital e marketing de mídia social

A diferença entre marketing digital e marketing de mídia social

Ele utiliza uma variedade de canais digitais como SEO (otimização de mecanismos de pesquisa), mídia social e PPC (pagamento por clique) para atrair o público para uma marca em potencial. O marketing digital usa a internet como principal meio de promoção, que pode ser acessado por meio de dispositivos eletrônicos como computadores, laptops, tablets e smartphones.

Técnicas de marketing na Internet, como marketing em mecanismos de pesquisa (SEM) e e-mails, são parte integrante do marketing digital. Além disso, também inclui canais fora da Internet, como serviço de mensagens curtas (SMS) e serviço de mensagens multimídia (MMS), retornos de chamada, etc. O marketing digital é considerado um marketing BTL Below-The-Line, pois tem como alvo um grupo menor e mais concentrado e atua na formação de clientes fiéis e na criação de conversões.

SMO ou (SMM), por outro lado, é um ramo ou subconjunto do marketing digital que se destaca na promoção usando plataformas de mídia social como Facebook, Twitter, LinkedIn, YouTube e assim por diante. Faz uso das mídias sociais para fins de marketing. A mídia social depende fortemente da interação dos usuários, compartilhando informações e formando uma espécie de comunidade e, portanto, tem um elemento “social”. Utiliza a criação de conteúdo artístico que é apresentado de acordo para atrair o público para seus produtos ou serviços e criar seguidores de marca.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

De acordo com Zephoria Digital Marketing Consultants, existem mais de 1,71 bilhão de usuários ativos mensais do Facebook em todo o mundo. Isso significa que estatisticamente o Facebook é grande demais para ser ignorado e, portanto, deve ser uma parte vital de suas estratégias de marketing de mídia social. O consumo de vídeo online nessas plataformas tem aumentado constantemente e é a próxima grande novidade em termos de estratégias de marketing. SMM também é um marketing BTL Below-The-Line no que se refere a grupos segregados formados por interesses comuns em plataformas de mídia social.


As empresas que buscam atender às suas necessidades de marketing precisam escolher entre uma agência de marketing digital ou uma agência especializada. Se você está procurando alguém para planejar toda a sua estratégia de marketing, uma agência de marketing digital seria uma boa escolha. No entanto, se você está procurando alguém para cuidar apenas do aspecto de mídia social de sua estratégia, é melhor trabalhar com uma agência especializada.

Com a extrema popularidade da mídia digital, as pessoas estão mais dispostas a incorporar o marketing digital em seu estilo de vida diário. De acordo com o relatório do Interactive Advertising Bureau (IAB), as receitas publicitárias na Internet nos Estados Unidos atingiram espantosos 27,5 mil milhões de dólares no primeiro semestre de 2015. Isto abriu várias oportunidades de emprego em todo o mundo. Há uma grande procura; no entanto, registámos uma escassez de mão-de-obra qualificada, uma vez que as pessoas ainda estão a aceitar a rápida evolução dos meios de comunicação digitais.

Para atender à crescente demanda de indivíduos talentosos, existem diversos cursos online de marketing digital disponíveis. Uma rápida pesquisa no Google sobre este tópico irá listar uma série de institutos que oferecem as lições mencionadas. Os cursos duram vários dias, onde são abordados todos os temas relacionados ao marketing digital. Os alunos obtêm informações valiosas sobre o assunto que lhes permitem criar um nicho para si próprios.

O curso de marketing digital inclui compreensão básica dos conceitos de marketing e publicidade e conhecimento fundamental de ferramentas estatísticas e analíticas. Eles também recebem informações abrangentes sobre email marketing, SEO/SEM, pagamento por clique, marketing móvel, vídeo online, entre outros.

Os cursos de marketing de mídia social incluem uma compreensão aprofundada dos princípios da mídia social, dos principais sites de mídia social, da estratégia de mídia social e da medição da mídia social. Ele oferece uma visão dos pontos fortes e fracos das plataformas de mídia social como Facebook, Twitter, etc. e se aprofunda nas mais novas tendências que surgem nas mídias sociais. A mídia social é uma parte indispensável da estratégia de mídia digital. As plataformas SM são aproveitadas com o propósito de promover a marca de um produto ou serviço, pois fornecem um meio mais interativo, aberto para uma conversa bidirecional. Marketing digital é mais relevante em termos de criação de reconhecimento de marca, marketing ou gestão de reputação. Embora tenham aplicativos online diferentes, eles atendem ao propósito maior de avanço da marca e conversão de clientes em leads e vendas. Os consumidores tornaram-se mais conscientes da marca com a participação ativa e têm mais opções de escolha com a infinidade de opções disponíveis online. Sua participação na estratégia geral de marketing cresceu muito, tornando obsoletas as técnicas estratégicas tradicionais. À taxa a que a mídia digital está avançando, não será exagero imaginar um futuro onde a realidade virtual transpareça em todos os aspectos da nossa existência.

Gostou? Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Email

O SERP do Google é a página de resultados que aparece quando você faz uma pesquisa no Google. Ele exibe uma lista de resultados relevantes, incluindo resultados orgânicos, anúncios pagos, trechos em destaque, informações do Knowledge Graph, Google Shopping e outros elementos úteis para os usuários. A ordem dos resultados é determinada pelo algoritmo do Google, com base em fatores como relevância e qualidade do conteúdo.

O SERP do Google, ou Página de Resultados do Motor de Busca, serve para apresentar uma lista de resultados relevantes aos usuários quando eles realizam uma pesquisa no Google. Ele exibe os links para sites, imagens, vídeos, respostas rápidas e informações adicionais relacionadas à consulta do usuário.

O SERP é essencial para que os usuários encontrem respostas para suas perguntas, descubram informações relevantes, localizem produtos e serviços e acessem conteúdo útil na internet. Além disso, o SERP também é uma ferramenta importante para empresas e profissionais de marketing, pois é onde os resultados orgânicos e os anúncios pagos são exibidos, possibilitando a promoção de seus produtos e serviços para potenciais clientes. Em resumo, o SERP do Google é uma parte fundamental da experiência de pesquisa online, ajudando a conectar usuários e informações de forma eficiente e relevante.

Para utilizar o SERP (Página de Resultados do Motor de Busca) do Google de forma eficaz, siga as seguintes dicas:

  1. Faça uma Pesquisa Adequada: Insira palavras-chave relevantes que descrevam o que você está procurando. Quanto mais específica for a sua pesquisa, mais precisos serão os resultados.

  2. Analise os Resultados Orgânicos: Observe os links listados como resultados orgânicos, pois eles são considerados relevantes pelo algoritmo do Google. Verifique as descrições para encontrar a informação mais adequada.

  3. Avalie os Anúncios Pagos: Os anúncios pagos são identificados com a etiqueta “Anúncio”. Selecione aqueles que correspondem à sua pesquisa e consideram confiáveis.

  4. Explore os Rich Snippets: Se existirem trechos em destaque, eles podem fornecer informações adicionais importantes. Clique neles para obter detalhes adicionais.

  5. Utilize o Knowledge Graph: Se o Knowledge Graph fornecer informações relevantes sobre sua pesquisa, confira-o para obter respostas rápidas e precisas.

  6. Verifique o Google Shopping: Se você estiver procurando produtos, confira a seção do Google Shopping para encontrar imagens, preços e lojas onde podem ser comprados.

  7. Explore as Perguntas Frequentes: Se houver perguntas frequentes relacionadas à sua pesquisa, clique nelas para obter respostas rápidas.

  8. Refine sua Pesquisa: Se não encontrar o que está procurando, tente ajustar suas palavras-chave ou usar operadores de pesquisa para refinar os resultados.

  9. Considere a Personalização: Lembre-se de que os resultados do SERP podem ser personalizados com base em seu histórico de pesquisa e localização.

  10. Avalie a Fonte dos Resultados: Ao clicar em um link, verifique a fonte para garantir que seja confiável e segura.

Lembrando que o SERP é projetado para fornecer informações relevantes, mas nem sempre o primeiro resultado é o mais adequado. Sempre verifique várias fontes antes de confiar em qualquer informação encontrada no SERP do Google.

Deixe um comentário

Saiba mais!